9.5.06

o dia em q levaram o corujito e eu encontrei

Quando eu olhei pela janela e não avistei o corujito pensei de cara: roubaram o meu carro! Entre 'serás' e outras cositas do gênero descemos para o almoço. Ao abrir o portão tive certeza: putaquepariu, roubaram meeeesmo o meu carro!!!!
Sempre pensei q num momento como esse eu fosse fazer como outros conhecidos q sentaram no cordão da calçada e choraram. Pois é, eu só atinei dizer: putaquepariu. Só, saí caminhando e falando com a Jana: "azar, fudeu, vou ligar pro corretor". Isso tudo numa tranquilidade irreconhecível!!!!
Depois de pegar as instruções, resolvemos almoçar. "Sim, depois começa aquela correria, eu ainda preciso ir pra zero, pelo menos a gente almoça".
Comemos no ''Tudo pelo social', ali na João Alfredo. Qdo saimos precisávamos escolher em q delegacia fazer o registro da ocorrência: ou na João Pessoa, ou na Marcílio Dias. A distância era a mesma. Mas, sei lá eu pq escolhi ir na João Pessoa.
Fizemos um caminho estrambólico, entramos na Joaquim Nabuco.
Estávamos conversando, eu reclamando da vida, qdo avistei um carro..."ai, não posso nem ver um carro da cor do meu q eu lembro do corujito"... " e esse ateh eh parecido com meu pq tb eh uno"... "nããããããããão, esse nao eh parecido, esse É o meu carro!
Sai correndo e a Jana ficou pensando: 'tadinha da Paula, surtou com a história, tah ateh enxergando o carro por ae'
Mas sério, era o meu carro. Tava aberto. Ainda tava quente. Conversando com um cara do outro lado da rua soube q fazia uns 15 minutos q tinham largado ele ali.
A situação foi estranha, maluca...
Roubaram meus 5 pneus (lembram q eu tava feliz pq fazia duas semanas eu tinha colocado quatro pneus novos?)
Roubaram meu rádio
Roubaram minhas roupas e tavam ali dentro, entre elas um casaco de couro e uma jaqueta quentinha, além de dois pares de sapato, dois pares de havaianas, um cd de fotos, uma revisão de um livro, um livrinho da natura emais alguma coisa q eu não lembro ou tenho q conferir qdo chegar em casa
Só. (hehehehehehehe)
Mas como diz q a Daisy, ficou a história pra contar. Sou a única pessoa na estatística de pessoas q tiveram os carros furtados e elas próprias encontraram. Vai dizer, é mole???

4 comentários:

Fernanda Souza disse...

Eu achava que ia carregar a casa dentro do meu carro, mas até agora não tem nada além de um par de rsteirinhas que eu usava quando não sabia dirigir de salto :p

Puxa! Que droga tudo isso, perder as coisas... mas essa história de tu ter encontrado é mesmo inacreditável! Rende matéria! hehee

Lafayette disse...

Ei, mas o pior mesmo foi o ladrão ter levado o livrinho da Natura. Como diria o Tuty: "Estas coisas a oposição não vê!"

Agora, o carro não tava aberto, é que ele quando te viu, abriu os braços de felicidade ;-)

Anónimo disse...

Super color scheme, I like it! Keep up the good work. Thanks for sharing this wonderful site with us.
»

Anónimo disse...

I find some information here.