29.7.09

A neta do Seu Antônio Coruja

Apesar de não ter tido muito estudo formal, meu avô sempre foi uma pessoa bem informada. Além de muitos livros, ele mantinha o hábito (e a paixão) de ler jornais. Sempre lembro das pilhas e pilhas de jornais e revistas que ele lia e guardava. O processo de leitura obedecia normas: divide em cadernos, primeiro o principal com política, economia, geral e polícia, depois o de cultura e por último o que tivesse no dia, incluindo os classificados. Depois de ler, ia tudo pra uma pilha na sala, que no final da semana era transferida pra uma paça que ele tinha com o "arquivo".

Muitas vezes minha avó se irritava com a pilha e quase implorava pra que ele jogasse um pouco fora. Com o tempo, ela começou a jogar fora a revelia, depois o pessoal que trabalha com reciclagem começou a aparecer e os jornais começaram a ter um fim politicamente correto. Mas o vô nunca ficou satisfeito de ter que se desfazer dos jornais velhos. 

Pois é, eu sou neta do Seu Antônio Coruja. Uma versão mais desorganizada, é verdade, mas tenho certeza de que sai aos meus: não degenerei. Quando eu trabalhava no jornal, todos os dias eu pegava o meu exemplar pra levar pra casa, mesmo tendo lido o caderno principal todo no jornal. O meu processo de leitura em casa, por isso, era exatamente o contrário: começava pelo suplemento de cultura, depois os outros do dia, excluindo os classificados, e por último dava uma olhada no caderno principal de novo pra ver se eu tinha deixado alguma coisa passar. Aos poucos, fui criando a minha própria pilha de jornais. Nunca consegui fazer uma pilha de respeito como a do meu avô, com jornais de muitos anos anteriores. Infelizmente, minha casa não tinha espaço para tanto e, como virei gente grande em outra época, já comecei com o descarte politicamente correto: direto para a reciclagem.

Com o tempo as coisas começaram a mudar. Pra começar, eu me mudei. O lugar é longe, a mudança foi radical. Com a mudança, vem a necessidade de desocupar espaços. O mesmo hábito que eu herdei do meu avô se aplica a qualquer tipo de papel: documentos, notas, cadernos, livros, anotações de palestras, provas de livros, revistas, provas de diagramação de revistas, bilhetinho, tudo o que você puder imaginar em matéria de celulose. Apesar da tristeza, e da certeza de que um dia vou precisar de alguma coisa que eu joguei fora, a limpeza foi feita e eu me mudei.

Hoje, num momento de bobeira, fiquei pensando: quem será que me mandou o primeiro email no gmail? Pra quem será que eu mandei o primeiro email? Resolvi mexer. O primeiro email recebido foi a confirmação de participação em uma pesquisa da abril, no dia 10 de maio de 2004, o primeiro enviado foi para a turma de amigos da cidade, avisando que a partir daquele dia os emails deveriam ser endereçados só ao gmail. Começando a olhar mais vi amores que se foram, amigos que não vejo mais, conquista de emprego novo, namoro nascendo, felicitações de aniversário, mimimis, fotos, fotos, fotos, muitas fotos.

Os anos são outros. Talvez não seja com jornal, mas a neta do Seu Antônio Coruja tem sim a sua pilha de anos, e muito bem conservada.


Com o Windows Live, você pode organizar, editar e compartilhar suas fotos.

9.7.09

O significado (ou a falta de ) das palavras

Sempre depois de uma aula de chinês a minha cabeça sai fritando. Um pouco porque fazia muito tempo que eu não estudava chinês, um pouco porque é uma professora particular nova (e eu tenho meus bloqueios, preciso me sentir confortável com a pessoa pra sair cometendo erros sem surtar), um pouco porque eu preciso falar (posso passar horas estudando caracteres faceira, odeio abrir a boca) e muito porque é um idioma difícil pra chuchu.

Mesmo assim eu curto bastante quando estou estudando. Curto a lógica (ou a falta de) do idioma. Algumas vezes é uma lógica ingênua, quase infantil, e por isso fofinha. Well, outras vezes é de pensar “what the fuck?”, mas em geral é fofo. Fora quando fica até meio poético. Olha só.

Amor é ai, que se escreve 爱 hoje em dia. Em chinês tradicional (e também japonês) se escreve 愛. Ou seja, tiraram uma parte do caractere para simplificar a escrita. Até aí, sem problema. O amigo está dentro do amor, pois uma das partes que o compõem é 友, que significa amigo. Então que no amor precisa amizade. Mas daí algo aconteceu, não sei se foram as guerras, se foi o comunismo, mas quando simplificaram a escrita tiraram o coração do amor. Como? Aqui neste愛 dá pra ver uma partezinha espremida, 心, que significa coração. Triste, mas na China de hoje o amor é sem coração. Ainda falando de amor, ou melhor do爱, uma das palavras que eu mais gosto é marido-esposa (serve para os dois), que é airen 爱人. Te ligou que o amor está entre os cônjuges, não? O outro caractere que forma a palavra é ren 人, que significa pessoa. Pessoa amada. Fofíssimo, não? Se tem uma coisa que eu me surpreendi aqui, e ainda me surpreende, é a quantidade de casais que briga na rua. Quando eu falo briga não me refiro a bate boca, é porrada mesmo. O cara bate na mulher e a mulher bate no cara em qualquer lugar: na rua, no shopping, no bar, na frente do trabalho. Acho que o problema todo com a chinesada é que tiraram o coração do amor. Só pode.

Falando em coração (esse心 coração) me lembrei de outro. “Você” em chinês é 你, ni. Pois a forma respeitosa de dizer você é 您, nin. Reparou que ali embaixo tem o caractere de coração?Então se você chama alguém com respeito, chama com o coração.

Outra coisa que eu e minha professora ficou explicando foi no 女, que se lê nü (faz biquinho pra falar) e se refere à mulher, ao gênero feminino, e todas as palavras onde é necessário diferenciar o gênero, ele está presente. Apesar da cultura machista, por exemplo, o “bom”, que se escreve 好, tem um toque feminino. Outro que dá uma levantada na bola na mulherada é “segurança”, an 安 . Segundo a minha professora aquilo ali em cima do caractere é uma representação de casa, ou seja, casa que tem mulher significa em chinês, literalmente, segurança. Curtiu?

Agora tá rolando toda essa tensão em Xinjiang, província no noroeste da China que faz fronteira com o Paquistão e cuja população é, na maioria, muçulmana. As questões étnicas por trás disso são muitas, mas gostei de uma observação que escutei sobre o assunto. Vocês sabem que os muçulmanos não comem carne de porco, né? Isso me lembrou um dos caracteres com a lógica mais sem sentido para mim. Well, suíno por essas bandas se escreve 豕. Lembra da parte de cima do segurança, que a profe disse que era uma representação de casa? Então que se a gente pegar o suíno e colocar aquela partezinha em cima, o caractere fica assim 家, certo? O problema é que isso, em chinês, se lê jia e significa casa, no sentido de lar, ou família. A conclusão da pessoa foi: como eles não vão ficar brabos se colocaram o porco na família? Esse caractere é tão sem sentido quanto a violência dos distúrbios do último domingo.

Bom, mas isso é assunto pra um outro texto, num outro dia.

11.6.09

Como transformar uma jantinha comportada em uma chalaça (ou ressaca) de proporcões catastróficas:

Como transformar uma jantinha comportada em uma chalaça (ou ressaca) de proporcões catastróficas:


- a convidada de honra deve estar feliz e chegar bêbada
- tente equilibrar gaúchos e paulistas na mesa
- convide alguém que conheça alguém com nome estranho (dê preferência para os que conhecem a Phydia)
- tenha certeza que a quantidade de cerveja seja maior que a de comida na mesa
- vá para um bairro universitário
- dê coca-cola para a convidada de honra bêbada, para convencê-la de que assim será possível beber mais
- não controle os instintos cleptomaníacos de ninguém
- tenha certeza de que o bar escolhido esteja completamente vazio
- tenha certeza de que o bar escolhido tenha uma bateria, uma mesa de pebolim e somente dois garçons
- uma das convidadas deve ter um set de musiquinhas legais no iPod pra dançar
- tenha certeza de que todos os convidados NÃO saibam tocar bateria
- providencie distração para os garçons
- roube cervejas
- não sofra por antecedência, beba com a certeza de que nunca será antingido por nenhuma ressaca e com a convicção de conseguirá acordar bem (e cedo) no dia seguinte
- por via das dúvidas, tenha neosaldina em casa

 
agora misture tudo e tá pronto.


Novo Internet Explorer 8: mais rápido e muito mais seguro. Baixe agora, é grátis!

10.6.09

Impressionante...

...o quanto o humor de uma pessoa pode melhorar quando ela sai na rua e se depara com um céu azul assim.
Sim, isto também é possível em Beijing.


Conheça os novos produtos Windows Live. Clique aqui!

27.5.09

As historias, os nomes e os alunos

Lendo meu Reader, achei um texto do Papo de Homem (http://bit.ly/2hGpIl) que me fez rir muito. Não tive dúvida e dividi com o povo lá no twitter (que você pode acompanhar ali do ladinho). Depois de postar comecei a lembrar dos meus tempos de professorinha, quando de vez em quando apareciam uns aluninhos com nomes bem peculiares, como Madeinusa, Magaiver, Deangelis e João Lennon. 

Até deu uma saudadinha desses tempos longínquos, mas o que mais aconteceu mesmo foi relembrar histórias.
Quer uma palhinha? Lá vai:

Estou lá contente dando a minha aula pra uma terceira série, quando fui atender um aluno na classe. Quando encostei no ombro dele, ele deu um pulo e um grito de dor. O moleque tinha levado a maior sova da mãe. Como a orientação da escola era chamar os pais pra conversar antes de recorrer ao Conselho Tutelar, pedi pra ele que viesse acompanhado pela mãe no dia seguinte.
No dia seguinte o menino aparece e a mãe dele também. O diálogo a seguir foi real, ipsis litteris:

- Oi, Fulana. O que houve com o fulaninho que ele está tão machucado?
- Ai, professora, pois é. Bati nele. Exagerei, né?
- Bastante.
- Sabe aqueles dias que a gente fica nervosa? Nossa, eu tava me sentindo uma PANELA DE EXPRESSÃO!

Nesse momento tive um surto "Fantástico Mundo de Bob" e comecei a imaginar a cabeça dela como uma panela cheia de sopa de letrinhas, com letrinhas saltando e formando palavras conforme a sopa ia fervendo.
Não teve jeito! Tive que interromper o desabafo da mãe do meu aluno, dizer que eu tinha que começar a aula, pedi pra que ela tentasse se controlar, dei tchau, esperei ela sair do meu campo de visão e... QUA QUA QUA QUA QUA  QUA!!!!!!

Não deu...




Descubra uma nova internet. Internet Explorer 8. Mergulhe.

26.5.09

Quem tem... tem medo!

Quando isto acontece com o Google, me transformo em Regina Duarte: eu tenho medo!



Novo Internet Explorer 8: mais rápido e muito mais seguro. Baixe agora, é grátis!

14.5.09

Diálogo recorrente

Moça branca de olhos verdes arredondados entra no táxi.
- Ni hao!
- Ni hao!
- Eu quero ir para a Rua Nanluogoxiang. 
- Ok

A moça branca está num daqueles dias em que não quer conversar com ninguém. Muito menos em chinês.

- Você é alemã, não é?
- Não, não sou.
- Hmmm... então é da Holanda.
- Não, não sou.
- Americana, certo?

Moça branca pensa: logo hoje, logo hoje ele quer conversar...

- Não, eu sou brasileira
- Brasileira! Tinha certeza

Ahan, claro que tinha
Por favor, não fale de...

- Futebol! O futebol do Brasil é muito bom
- Sim, é muito bom.

Por favor, não fale do...

- Ronaldo! Adoro o Ronaldo! Ele é ótimo jogador!

Ó, Senhor! Tudo de novo! Eu não vou suportar se ele falar do...

- Kaká! Também adoro o Kaká!

- Ahan... Que legal...

Afffffffff

13.5.09

O pesadelo de um e a picada no outro

Eu lembro que quando era mais nova morria de medo de ir ao banheiro à noite. Além de todos os fantasmas e monstros que uma criança pode imaginar, eu tinha ainda outros medos. Tremia as pernas só de pensar na possibilidade de ter um sapo, ou qualquer outro bicho dentro da privada no momento em que eu tivesse fazendo xixi. Quando eu ia pro sítio do meu tio esse medo era multiplicado por 1397. Não, eu nunca vi nenhum tipo de bicho dentro da privada. Não, isso nunca aconteceu comigo de verdade.

Mas ali na vizinha Taiwan, um azarado de 51 anos teve os meus pesadelos transformados em realidade. O tiozão foi faceiro ao banheiro dar uma "aliviada", sentou na privada e levou uma dolorida picada de cobra. 


Como desgraça pouca é bobagem, a cobra mordeu o pênis do cara. 
Agora ele está lá, internado em um hospital esperando o risco de infecção passar. Mas tenho certeza que esse aí vai inspecionar muito bem o banheiro antes de usar.

10.5.09

Becoming Blair Waldorf (NOT)

Depois de hoje, sem chance de virar Blair. Who cares quando se tem máscaras de dormir tão legais como as minhas. Não são podres de chique Upper East Side, mas são tudo de bom! Não acham?

Sou muito mais "Dona Coruja"!

5.5.09

Prazer, Terremoto!

Esse texto foi originalmente publicado no meu outro blog, o Comendo de Palitinho. Achei que seria interessante dividir ele com vocês aqui também.

......................

O tremor deixou mais de 87 mil mortos e desaparecidos

Com a proximidade do dia 12 de maio, as matérias que recontam o horror e que avaliam as consequências do devastador terremoto que sacudiu o sudoeste da China há um ano aumentam. Mais do que normal lembrar. Mais do que necessárias as homenagens aos mais de 87 mil mortos e desaparecidos.
Porém, hoje a agência de notícias do governo chinês divulgou uma notícia que me deixou, digamos, perturbada. Há uma estatística que diz que cerca de 700 bebês nasceram em barracas ou alojamentos temporários após o sismo. E que uma grande parte dos pais quis lembrar o ocorrido de 12 de maio de 2008 no nome dos filhos. Assim como Yang Chao, um jovem de 29 anos, que colocou o nome das filhas gêmeas, nascidas seis semanas após o sismo, de Zhen (震), que significa tremor, para que elas nunca esqueçam do que aconteceu em Sichuan e em que circunstâncias nasceram. Da mesma maneira, muitas pessoas escolheram Chuan (川), lembrando o local do epicentro do terremoto, o distrito de Wenchuan (汶川), onde 20% da população de 100 mil habitantes morreu ou foi considerada desaparecida.
Eu concordo com as homenagens, concordo que certas coisas não devem ser esquecidas, mas batizar um filho com o nome de terremoto? O que tem que ficar disso tudo são as lembranças, as homenagens, mas principalmente a solidariedade do mundo todo naquele momento extremamente doloroso. Lembrar talvez nas cidades, com nomes de ruas, mas estigmatizar os filhos, fazendo com que eles levem isso adiante eu fico meio chocada. Na minha opinião, os filhos deveriam ser batizados com nomes que lembram força, esperança, superação. Porque eles simplesmente eram a vida brotando no meio do caos.

Um ano depois, que seja lembrada a solidariedade

As fotos não são minhas. Na realidade eu nem sei de quem são. Eu peguei em algum lugar no ano passado ainda e na bagunça do computador acabei não registrando os créditos. Sorry!

4.5.09

Becoming Blair Waldorf

Nao gente, nao estou me transformando em um ser manipulador, que joga com as pessoas, que tem tramoias mirabolantes. Nao eh nesse sentido que o titulo deste post aponta.
Sabe a mascara que a Blair usa pra dormir?


Isso deve ser podre de chique lah pras bandas do Upper East Side! Mas aqui pras bandas de Xuan Wu se tornou uma necessidade. E por motivos bem pobres.

Tem coisa melhor que dormir ateh mais tarde? Aquela sonequinha preguicosa, acordar sem hora, sem pressao, sem nada? Tem como fazer isso com o sol batendo no rosto? Nao da, neh? Por isso que comecei a ter minha porcao Blair: a claridade do meu quarto fez com que eu precisasse adotar esse acessorio. Mesmo acordando cedo, nao da pra nao usar. Por enquanto ta amanhecendo entre 5h e 5h30 da manha, mas sei que dentro de um mes ou dois por volta das 4h o galo canta. Nao da, neh?


Mas tem outra coisinha que eu queria da Blair. Nao tem como entregar uma Dorota aqui em casa soh pra mim?? Adoro!!!

3.5.09

Descascando abacaxi

Literalmente.
Adoro o jeito que o povo descasca abacaxi aqui na China. Na real, nao soh aqui, em outros lugares da Asia tambem eh assim.
Mas acho muito bom comprar abacaxi aqui (sao docinhos como os de Terra de Areia, adoro!) e pedir ele descascadinho. Num minuto fica assim:



Ah, vai dizer que nao gostou?

1.5.09

Momentos em que você pode ser salvo por fazer a unha em casa

Por aqui, tanto quanto por aí, tá rolando um feriadão. O que significa que as pessoas estão despreocupadas e podem dormir até mais tarde (para dizer o mínimo).
Foi neste feriado que eu descobri as mil e uma utilidades de fazer a própria unha em casa.
Contrariando as regras, acordei cedo. Fiquei enrolando na cama até ficar plenamente acordada, e isso ainda era cedo. Nada melhor do que acordar cedo de vez em quando, assim, naturalmente, sem a pressão do despertador.
Então tá, hora de levantar, ir ao banheiro, tomar café. Opa! A porta não abre!
A porta do meu quarto nunca é fechada, no máximo encostada. Pois durante a noite, só Mao sabe como, ela se fechou. E quem disse que a maledeta queria abrir?
Foram horas pendurada na maçaneta, que nem tchuns fazia. A minha amiga que mora comigo dormia o sono dos deuses da sinuca e da cerveja. Morando no 19º andar, sair pela janela não é uma alternativa. Bem, na dúvida, improvise!
Resolvi tirar a maçaneta. Foi o único jeito que me ocorreu de destrancar a porta. O problema era ferramenta. Óbvio que eu não tenho uma caixa de ferramentas no quarto, nem uma chavezinha de fenda sequer. E aí que os apetrechos para fazer a unha entram!


Munida de alicate e espátula me atirei na tarefa infeliz de desparafusar a maçaneta. É, até pegar a manha, pode ter certeza de que dá trabalho!

Mas quem tem paciência para fazer a unha em casa de vez quando, tem paciência para desparafusar usando uma espátula e um alicate de unha.
Depois de uns 20 minutos consegui tirar os parafusos e ver como tudo funcionava por dentro. Destravei a porta e adivinha só, ela abriu!!!!! A partir daí foi só correr pro abraço, ou melhor, pro banheiro (sim, eu estava há horas com vontade)!

27.4.09

Da serie "Eu adoro": Placa de banheiro

Essa eh a melhor placa indicativa de banheiro ever!


Fica num bar chamado Stumble Inn, aqui em Beijing. Adoro tambem o nome da rua do bar, Lucky Street (好运街 - Haoyun jie). Claro, va ao bar para jogar sinuca, beber uma das 50 cervejas importadas que eles tem, mas please, va ao banheiro. Amei!

Contando a historia alheia

A coisa "lost in translation" eh bem comum pelas bandas chinesas. Sim, eles tem um idioma semi-impossivel e cheio de nuancas que, as vezes, cria situacoes bem engracadas.Vide o caso de ontem a noite.
Estavamos em um boteco chines, felizes e contentes, enchendo a cara de cerveja barata, jiaozis (http://en.wikipedia.org/wiki/Jiaozi) e churrasquinhos. Como o preco da cerveja eh ridiculamente barato, cerca de um real, o consumo acaba sendo acelerado e as bexigas sobrecarregadas. Resultado: visitas periodicas ao banheiro, que, com o passar do tempo (e da bebedeira), aumentam quase como a frequencia das contracoes de uma gravida.
Nisso, uma amiga nossa, que esta visitando Beijing pela primeira vez e diz Ni hao pra dar oi e tchau, precisou ir pela 876ª vez ao banheiro e teve uma triste constatacao: os lencinhos de papel acabaram. Oh, e agora quem podera nos defender??? A lojinha do outro lado da rua que tem de cigarro a macarrao pra vender!!! Tudo bem, mas ai outro problema estava criado: como pedir lencinhos de papel em chines.
- Diz "you zhi ma?" que eles vao entender
- "you" o que?
- "You zhi ma?". zhi eh papel, eles vao entender o que voce quer.
- Ta bem, "you zhi ma?"
- Isso. Boa sorte!
Cinco minutos se passaram e a nossa amiga estava de volta a mesa. 
- Que cara eh essa? Deu certo?
- Nao sei, avaliem.
Entao ela coloca um grande, cheio, branco e rechonchudo rolo de papel higienico sobre a mesa! Apos um surto de riso generalizado...
- Ueh, mas voce nao disse pro cara que queria lenco?
-Eu disse aquilo que voce me disse pra dizer. E ele me deu isso!
- Tudo bem, pelo menos nao te deu papel de caderno ou coisa assim...
Entao a menina colocou o seu suntuoso rolo de papel higienico chines (de boa qualidade) na bolsa, terminou a ultima cerveja e foi pra casa.

Para evitar constrangimentos, vai ai a "familia zhi" :
纸 (zhi) - papel
卫生纸 (wei sheng zhi) - lenco de papel (que tambem valo pra guardanapo)
卷纸 (juan zhi) - papel higienico

Ok, nao era o caso, mas vai que precisa: 
卫生巾 (wei sheng zhi) - Absorvente


Descubra quais produtos Windows Live tem mais a ver com você! Faça o teste!

22.4.09

Da serie "Eu adoro": Bobagens legais






















21.4.09

Da serie "Eu adoro": Baguan

Quem ta na chuva eh pra se molhar. Como sempre fui meio assim, tive que apelar pra um tratamento pra tirar o frio do corpo. Mas what the hell is that??Simples! Olha a foto:



Por mais incrivel que possa parecer, nao eh nenhuma tecnica avancada de tortura chinesa. Este eh um tratamento da Medicina Tradicional Chinesa (MTC) chamado baguan (拔罐), que consiste em estimular determinados pontos, os mesmos pontos da acupuntura (aqui neste post da Jana no Comendo de Palitinho voces podem entender um pouquinho mais sobre acupuntura e ver o quadro dos pontos), soh que com vacuo.Funciona assim: a pessoa que aplica pega um daqueles copinhos de vidro, com o fogo ela tira o ar de dentro e aplica o copo na pele. O vacuo puxa a pele. Eh uma ventosa. O tratamento tem o objetivo, como dizem os chineses, de tirar o frio do corpo e ajudar a equilibrar o organismo. Tambem eh usado para tratar doencas pulmonares, gripes, alergias e dores musculares.

Como assim "tirar o frio"?? Pois eh, os chineses acreditam no equilibrio do mundo e do corpo. Como eh necessario equilibrar o Qi, eh necessario ter mais "calor" dentro do corpo. Complicado? Eh, bastante. Soh nascendo chines pra entender o Qi em sua totalidade.

E entao quer dizer que machuca? Nao galera, nao machuca. As vezes, na hora que ela coloca o copo na pele, doi um pouquinho, mas bem pouco mesmo. E a coisa das marcas eh interessante. Nos pontos com problema, marcas mais escuras aparecem. Uma amiga resolveu filmar os procedimentos que fizemos. Ver como muda de cor em alguns pontos, fora todo o vapor que comeca a sair, eh bem impressionante. Eu juro que morria de medo, fora que achava bem estranho ver, as vezes, as pessoas andando na rua com essas marcas de bola aparecendo. Mas eh bem comum por aqui, facil de acostumar.
Durante a olimpiada do ano passado, teve muito atleta recorrendo
ao baguan pra aguentar o tranco
E nao interessa que tem festa chique pra ir a noite... A galera faz igual

Mas o negocio eh bom! Jah que estou na China, me trato como os chineses. Por isso que entra pra serie "Eu adoro"!
E agora, soh dois dias depois, eu tenho soh tres marcas de bolas, justamente de tres pontos com problema e que ficaram superpretas no dia da aplicacao. Mas eh um santo remedio pra dor nas costas. Coruja pronta pra voar novamente!
Se quiserem, tentem achar um chines por ai dizendo que voces querem fazer baguan (ou 'baguar' num sotequezinho de Pequim - mas nao eh bagual, tah?) e comprovem que eu estou falando a verdade.

17.4.09

Eu soh queria saber quem eh a Susan Boyle

Quem nao tem YouTube caca com YouKu. Que historia eh essa? Pois eh isso mesmo que voces leram. Como todos devem saber, nem tudo na internet tem acesso liberado aqui na China. Por causa disso, pelo menos ateh o dia 4 de junho, temos que seguir nossas vidinhas sem o YouTube. E digo pra voces, eh uma tarefa bem dificil, jah que dava pra acessar pra basicamente tudo. Cansei de ouvir musica, catar trailler de filme, ver capitulo de novela, entrevista bacana, fora toda a sorte de bobagens que o tubo podia proporcionar. E acessa-lo era algo tao automatico quanto acender a luz quando esta escuro: tu soh nota o tamanho da falta de faz quando esta sem.
Nem todos os direcionadores de proxy do mundo resolveram o problema. Nao adianta mais chorar. Nao tem e pronto. E se reclamar vai ficar de castigo.

Eu ateh tava conseguindo me controlar legal com essa coisa de nao ter Youtube. Eh como um tratamento para desintoxicacao, ou viciados... Com o tempo acalma. Mas a Susan Boyle, ah a Susan Boyle acabou comigo!!! TODO MUNDO no twitter, blogs, everywhere na rede, comentava sobre ela. Comentava da atuacao emocionante. Comentava dos 5 minutos de fama apos uma vida inteira de fracassos. E TODO mundo linkava para o YouTube... o mesmo YouTube que tive que me acostumar com a ideia de viver sem. A sensacao eh a mesma de quando se para de fumar e alguem, do lado de fora de um vidro, abre a carteira de cigarro bem devagar, pega o cigarro com os dedos, brinca com eles entre os dedos ateh levar a boca, com a outra mao pega o isqueiro e acende e ainda fecha os olhos e da A tragada (tao entendendo agora porque eu nunca consigo parar?). Sim, eh tortura. E levando em conta a minha localizacao geografica... ironicamente se torna TORTURA CHINESA.
Tive que fazer alguma coisa. Eu nao podia mais ser a unica pessoa do mundo a nao saber who the hell is Susan Boyle! Seguindo a velha maxima de "se nao pode com eles, junte-se a eles", apelei para o YouKu.com


Sim, esta eh a versao chinesa para o YouTube. 优酷 (youku) significa algo como "excelente e legal". Eu sempre achei que escolheram um "you" antes pra ficar parecido com a versao gringa do site de compartilhamento de videos, mas os chineses que eu perguntei juram que nao. O YouKu surgiu em 2006 e eh, com certeza, o mais popular para assistir videos por aqui. Tem de tudo e de tudo tem, menos brasilidades, mas tah beleza. 
Mas o que eu precisava era matar a minha curiosidade. QUEM EH SUSAN BOYLE??? E sim, ELA esta la no YouKu!!!! Finalmente vi a inglesa desempregada e desacreditada cantando! Finalmente entendi todos os comentarios que tinha lido antes! Ufa!!!


A experiencia ainda teve outro ganho... No desespero, da pra tentar assistir alguma coisa por ali. Mas a minha crise de abstinencia de YouTube nao vai passar do mesmo jeito... tento certeza! FREE YOUTUBE!!!!

16.4.09

O cinzeiro suicida ou coisas estranhas acontecem

Olha, eu jah vi de tudo nessa vida. Juro pra voces. Pensa numa coisa estranha, mas bem estranha... Eu jah vi!!!! Olha, quando eu era pequena ateh coelhinho da pascoa e papai noel eu juro que eu vi. Nao era ninguem fantasiado, eles eram reais!!! Mas enfim, isso pra dizer que hoje aconteceu uma coisa pra lah de estranha aqui pelas minhas bandas chinesas...
Aqui em casa tem um cinzeiro de vidro (grande coisa, ateh casa de nao fumante tem cinzeiro de vidro). Bonitinho, chapa fina, com uma mascara de Opera de Pequim, que eu e a Jana nos demos de presente quando mudamos para o apartamento novo. Ele sempre foi um bom cinzeiro. Ficava ali, perto da janela o dia inteiro segurando os quilos de cinzas que eu depositava. Nunca reclamou, sempre foi fiel, fazia muitissimo bem o seu trabalho e parecia gostar da vista do 19º andar.
Bem, estavamos hoje aqui, eu fumando e ele aparando as cinzas, na boa. Eu tava sentada ao lado da janela com o computador no colo. Tudo bem, eu nao tava dando muita bola pra ele, mas eu sabia onde ele estava. Depois de terminar, apaguei o cigarro, mas deixei a janela aberta, e fui pro sofa com o computador. 
Comecei a sentir um cheiro de filtro de cigarro queimado. "Bah, que merda", foi o maximo que pensei e de resto nao me mexi mais. De repente escutei um estouro! Bauuuuuuuum!!!! "Bom, tiro nao eh porque ninguem tem arma na China. Que bosta eh essa???".
Quando olhei pra janela, o cinzeiro estava assim:


Gentem, o cinzeiro se autodestruiu!!!!!! E nao teve nem direito a mensagenzinha antes "este cinzeiro se autodestruira em tres minutos"! Nada!!! Ele cometeu suicidio!!!!
Serio, alguem jah tinha visto antes algo que nao estava em situacao de calor extremo e passou para frio extremo (ou vice-versa), ou que sofreu uma grande pressao (aqui leia-se "toneladas") se explodir desse jeito???
Serio, coisas estranhas acontecem...

PS: Devo fazer velorio do cinzeirinho, pobrezinho?

15.4.09

Tuitando sobre a China

@corujinha#estudandochines 针灸 (zhen jiu) - acupuntura

Da serie: Eu adoro!

Do Blog do Galhardo (http://blogdogalhardo.zip.net/)
Nem preciso comentar, nao eh mesmo?

14.4.09

Uma corujice bem legaus

Tem coisas que eu olho na internet e penso: soh eu que nao sabia???
Minha paixao do momento eh o Bem Legaus, que eh um blog/site bem legaus que apresenta varias coisas bem legaus que tem por ai em termos de design. Grande sacada e despertador dos meus mais profundos desejos de consumo.
Eh soh uma grande pena que deste lado "popular" do mundo, esse site divino nao possa ser acessado. Descobri atraves de recomendacoes e decidi adicionar ao meu reader, pra ver se eratao legaus assim. Bom, people, eh mesmo bem legaus. Vao sem medo! E se alguem puder, plis, deixe um comentario la em meu nome dizendo que A M E I!!!
Ah, quando eu acesso aparece essa imagem

Exatamente a mesma imagem que aparece para outros milhaaaaaaaares de sites que eu tento acessar todos os dias. Tem coisas que sao *odaaaaaaaaa!

Desabafo

Nao sou o tipo pessoa que adora confessar coisas. Nao gosto de criar expectativas ao confessar algo. Nao gosto das cobrancas que chegam depois das confissoes. Cansei disso.


Nao sou o tipo de pessoa que gosta de dar opiniao em qualquer assunto. Nao que eu nao tenha uma pra todas as coisas. Nao que eu nunca tenha dado opinioes. Na realidade este eh o problema. Dei muitas. Sempre. Tirava qualquer muro que houvesse no caminho pra nao ter a possibilidade de subir. Nunca. Jameh!
Mas cansei disso. Na realidade, cansei de ferir as pessoas dando opiniao em qualquer coisa.

Nao sou o tipo de pessoa que gosta de competicao. Jah gostei muito. Jah competi muito. Mas pra onde isso leva? A lugar nenhum! Nenhum. Estressa, envelhece. Pq pra tudo a gente precisa sair correndo pra ver quem chega em primeiro lugar? Ainda mais quando o premio eh soh uma inflada de ego. Ai, cansei tambem.

Se ainda tem alguem que passa por aqui, deve estar se perguntado a essa hora: what the hell aconteceu com essa coruja doida? Pior eh que nada. Tava soh precisando dar uma desabafadinha de canto... deve ser a acupuntura mexendo com a minha cabeca...

10.3.09

Twijando ou Coruiter?

Faz pouco tempo que eu dou bola pro Twitter. As primeiras vezes que vi pessoas conversando sobre o tal de twitter nao achei que fosse uma ferramenta que tivesse muito a acrescentar. Por ter um espaco reduzido, outra rede social (adoro, mas nao da tempo de administrar muitas), sei la, simplesmente nao gamei.
Agora isso eh completamente um fato do passado! O twitter eh viciante! Se transformou numa ferramenta essencial pra mim. Adoro saber o que as pessoas tao pensando/fazendo/escutando/escrevendo/vendo, adoro receber links de bobagens legais, adoro receber links de noticias interessantes, adoro, adoro, adoro. As vezes eh tanta informacao que simplesmente nao da tempo de ver tudo, ler tudo, responder tudo, procurar mais coisas sobre tudo.
E, vamos combinar, nada melhor que um espaco daquele pra corujar, nao acham?
De vez em quando, quando estou de @corujinha, leio umas perolas que eu simplesmente me mijo de rir, tipo essa, que a @mirellinha postou hoje depois de ver o CQC (que eh uma febre pelo que eu tou sentindo): "não precisa ter pau grande, tem que saber fazer a cara de quem tem pau grande". quem? paulo pereio.
Ou coisas serias, como as noticias do @nytimes, ou do @JornalNoticias, que ainda tem aquele sotaquezito portugues que eh um amor. Tambem curto os links de textos, ferramentas e sacadas do @inagaki, da @rosana, do @cardoso e do @marcelotas. Nossa! Muitas outras coisas! Fora meus queridos coleguinhas do RS, noticias e blogs de series e musica... As opcoes sao muitas! As pessoas legais muitas! As pessoas legais que eu nao conhecia sao muitas!
Mas pra melhorar o dia soh lendo os fakes do @vitorfasano (Adoro soletrar com referencias luxuosas. VITOR? Vermout - Iate - Tagheuer - Obama - Rufinus . ABS VF) e da @yedacrusius (É uma pena tal fatalidade acontecer logo hoje, mas a BM foi competente e provou que não é possível sequestrar o Estado.)
Tudo isso soh pra dizer que as vezes eu fico meio sumida daqui... Mas se a saudade for muita passa pra ver as corujices lah!
;)

Devaneios (ou soh cansaco mesmo)

Voce jah se sentiu tao sob pressao, mas tao sob pressao, que simplesmente nao consegue fazer ou se focar em nada?

4.3.09

Quem eh feia aqui???

Estes dias me peguei pensando: mas quem diabos foi o primeiro infeliz que disse que corujas sao feias??? Acho a fama das corujas muitissimo injusta. Tem gente que defende as corujas lembrando que o animal eh simbolo de sabedoria! Ora bolas, isso parece amigo tentando atirar alguem pra gente dizendo: "ele eh feio, mas eh muito inteligente". Ahan, sei. Mas o negocio eh que eu nao acho coruja um bicho feio.

Ateh fui la na wikipedia ver algumas definicoes para coruja. "O termo coruja é a designação comum às aves estrigiformes, das famílias dos titonídeos e estrigídeos. Tais aves possuem hábitos crepusculares e noturnos e vôo silencioso devido à estrutura das penas, alimentando-se de pequenos mamíferos (principalmente de roedores), insetos e aranhas. Engolem suas refeições por inteiro, para depois vomitarem pelotas com pêlos e fragmentos de ossos". Ok, tah legal, a refeicao nao eh das melhores mesmo, mas no mundo animal nao rango de bicho nenhum que de pra "conhecer a cozinha".

Mas uma das maiores injusticas quanto as corujas foi uma musica do Vinicius de Moraes que a Elis cantava. Olhando o titulo, parece uma homenagem: "A Corujinha".

"Corujinha, corujinha,
Que peninha de você.
Fica toda encolhidinha
Sempre olhando não sei quê. "

Como assim "naoseique"??? Corujas observam, corujas corujam... seja pra admirar algo, seja pra procurar comida. Coruja que eh coruja nao tem tempo pra ficar olhando "naoseique"

“O seu canto de repente
Faz a gente estremecer.
Corujinha, pobrezinha,
Todo mundo que te vê
Diz assim, ah, coitadinha,
Que feinha que é você. ”
Feinha eh a mae!!! Tambem nao sei quem espalhou por ai que coruja eh simbolo de mau agouro, mas nao eh, galera!!!! nao esquecam: tenho uma familia delas e, salvo raras excecoes, ta todo mundo bem vivo, bem inteiro... e nao eh exatamente o que pode se chamar de uma familia silenciosa.

"Quando a noite vem chegando
Chega o teu amanhecer.
E se o sol vem despontando
Vais voando te esconder.
Hoje em dia andas vaidosa,
Orgulhosa como o quê.
Toda noite tua carinha
Aparece na TV. "

Eh verdade, essa coisa notivaga eh um charme. Sempre adorei a boemia... E a Sessao Coruja, alem de ter a abertura estrelada por uma linda corujete, serviu pra apimentar o namoro de muita gente. Lembra quando o Cazuza cantava "todo o dia tem a hora da sessao coruja/soh entende quem namora"... pois eh.

Corujinha, corujinha,
Que feinha que é você.

Repito em alto em bom som: FEIA EH A MAE!

Agora deem uma olhadinha nessas fotos. Me diz: tem como nao achar um bicho lindo?????