7.3.07

Da série PRIMEIRA VEZ

Odeio fazer supermercado. Já disso isso aqui algumas vezes. Ontem mesmo tive um episódio desastroso (pra variar) no super, contado no post anterior. Bom, mas o negócio é que desde que abriu o Nacional 24 horas que eu pensava em fazer o rancho mensal lá. Nunca fui. Sempre mudava de idéia. Uma época pq meu ex fazia pra mim. Era um alívio. Depois, minha mãe foi algumas vezes. Minhas amigas (cansadas de passar fome aqui em casa) me carregavam. Outras, minha irmã, pq precisava ir pra ela e não tem carro, acabava me levando. Fora as temporadas em que sobrevivi de tele-entrega, ou comprando somente o necessário pra não morrer em lojas de conveniência. Mas, como eu ia dizendo, nunca fui no super 24 horas. Esse é o ponto! Nuna TINHA ido. Fui na madrugada passada.

Arrumei coragem, saí do trabalho e fui solita. É estranho. Mas é legal. Um mercado só pra mim! No início é bem esquisito. Parece que o segurança te segue pelos corredores pra ver se tu não vai roubar nada, mas depois… ele já tá te alcançando o cotonete e o xampu que tu não achou. De resto, ótimo. Funcionários só pra me atender. Sem briga pra achar vaga no estacionamento. Sem fila no caixa. Praticamente o mundo perfeito. Adorei.

Ah, mas claro que nada é perfeito, ainda mais na relação ‘Coruja-Supermercado”. Paguei no débito do banrisul. Mas quem disse que passava o cartão? Uma tentativa. Erro de leitura. Duas. Erro de leitura. Dez. Erro de leitura. Pelo menos não tinha fila pras pessoas ficarem praguejando. E o gerente tava ali à disposição, até pra testar com várias outras maquininhas de passar cartão. Beleza pura.

5 comentários:

Fernanda Souza disse...

O meu maior problema é que não consigo fazer rancho mensal! Como eu não cozinho, só compro coisas perecíveis e tenho que estar indo no mercado dia sim, dia não... Só que fico com preguiça e não vou. Acho um saco também! Imagina ter que ir no Big, que é o mais próximo, onde as pessoas fazem compras com dois carrinhos! É um verdadeiro horror. Dia bom é domingo ao meio-dia, aí tá tranqüilo... Tmb tenho vontade de ir no 24h, mas fica do outro lado da cidade em relação a minha casa!

Rê disse...

tah, mas conseguiu comprar???

Corujinha disse...

Consegui sim, Rê! Isso é o lado bom! Sem fila, o gerente pode experimentar váááááááááárias maquininhas, até achar uma q lesse meu cartão!

Ai, Fer! Triste a tua situação! Só de pensar no Big cheio... Ui! Me dá brotoejas!!!!!

Fernanda Souza disse...

O que me salva é o Zafarri do Menino Deus, porque quando saio, antes de voltar pra casa passo ali, para evitar o Big!

pablo puentes disse...

muito legal seu site, gostei muito! vou voltar mais vezes pra visitar e ler mais algumas coisas aqui kk.