20.2.07

Ziriguidum, o retorno

Como tinha dito q ia acontecer, não consegui ver todos os desfiles da segunda noite. Trabalhar é preciso...
Achei muito legal nenhuma escola ter sofrido com atrasos, carros desabando na avenida, chuva (São Pedro foi um cara legal) só com uma ou outra escola. Duas noites perfeitas na Sapucaí. E as escolas aproveitaram isso. Todas brigando em condições iguais.

As primeiras escolas a desfilar vi apenas no compacto da globo (mais pobre q olhar pela tv, é só conseguir ver o compacto, hehehehehehehehehe). Mas dá pra ter uma idéia:

- A Porto da Pedra fez um desfile fraco. Bom, desde que subiu pro grupo especial que fica nas últimas colocações. Já arrisco dizer que ano que vem vai ter que batalhar no grupo de acesso de novo. As alegorias e fantasias deixaram muuuuuuuuito a desejar. E parece que se perdeu no enredo durante o desfile. Não gostei.

- Continuo achando que a Unidos da Tijuca não devia ter deixado o Paulo Barros ir embora... Apesar disso, fez um desfile muito bonito e ganhou a simpatia do público. Não gostei de algumas fantasias... Vai dizer: sem legenda não dava pra adivinhar que aquela ala tava fantasiada de Marilyn Monroe! Bah, péssimo. Pede pontos em fantasias com certeza. Ah, não gostei do carro com a vietnamita. Ficou feio, sombrio e não atingiu o objetivo. Bacana foi o povo fotografando e saindo no telão direto! Ah, e o paletó do mestre de bateria, que o Kadão queria igualzinho pra ele! hehehehehehe

- Da mesma forma que a Mocidade (minha humilde opinião), a Salgueiro parece ter suscitado aquela velha forma, velha garra da escola. O desfile foi muito bonito. Belas alegorias, muito bem trabalhadas. Destaque pro Abre-alas! Lindo! O enredo tava meio difícil, não sei se ficou tão bem desenvolvido na avenida.

- Bah, a Portela fez um desfile muito legal. A escola de Madureira sempre empolga qdo passa na avenida. Desfile bem empolgante, a arquibancada cantou o samba, se divertiu. As alegorias e fantasias vieram bem mais simples esse ano, até mesmo em função do enredo. Levou bem o desfile. Ahhhhhhhhh, e ótimas paradinhas da bateria.

- Meia boca. Assim foi a Imperatriz Leopoldinense. Alegorias e fantasias divinas, bem ao estilo Rosa Magalhães, mas o bacalhau estragou. Mesmo. Pelo menos a arquibancada não se levantou. Nem as alas se mostravam muito empolgadas. Acho que passa longe do desfile de sábado que vem.

- Bom, se figurar entre os primeiros lugares, a Grande Rio vem sem abre-alas semana que vem. Pois é, pegou fogo no fim do desfile (sorte deles)! Foi um desfile bonito, a escola entrou com uma gana imensa pra contar a história de Caxias. Gostei dos carros, gostei das fantasias. Não vem pra lutar pelo título, mas a comunidade representou muito bem a escola. E a Grazi tava muito simpática como rainha da bateria, mesmo caindo. Ano que vem eles podiam arrumar uma sandália inteira pra ela.

- A Beija-Flor já vem como favorita. Bom, já ganhou o Estandarte de Ouro! Das escolas que abordaram temas africanos, a escola de Nilópolis foi, sem dúvida a melhor. Alegorias e fantasias muito bem trabalhadas (lindíssimas mesmo), uma escola que entrou na avenida com gana (acho bacana destinarem 80% das fantasias pra cominidade, se vê que as pessoas tão ali juntas, lutando mesmo). Ah, e achei a escola mais 'clean' esse ano. Ano passado os carros da escola pareciam meio poluídos. E que simpatia do Neguinho da Beija-Flor! Baita puxador de samba e 'levantador de arquibancada', mesmo com uma bateria bem tradicional. Ah, e que porta-Bandeira a Selmynha Sorriso! Adoro! Meu chefe deve ter ficado bem contente...

3 comentários:

Anónimo disse...

Quer dizer, comentar os desfiles das escolas de samba de Canoas, nem pensar? Passou até na Ulbra TV !!!
Beijo pra ti, Corujaaaa!

Fernanda Souza disse...

Ah mas vamos combinar que pela tevê a gente entende muito melhor! Nunca estive na avenida, mas acho que eu não ia saber nada sem os comentários com contextualizações históricas e observações semióticas da Globo!

E eu nem os compactos posso ver mais... Lembro quando era menor, ainda não trabalhava e passava os dois meses na praia, assistia o que dava de desfiles de noite e no outro dia via o compacto!

Tiago Rosa disse...

Olha, pra mim é surpresa esse teu entendimento de carnaval, não sabia desse teu dote. Muito bom.
Beijoca!