25.7.07

Da série MI BUENOS AIRES QUERIDO VI

Pois é, né, eu dizia que tudo tem volta.
Juro que não roguei praga.
Mas sei que os fucking american friends acabaram ficando bem gripados durante o dia. A aisha chorava de dor por causa de uma otite. e os guris com belíssimas dores-de-gargantas. Não desejei isso, mas... é a conseqüência de dormir com a bunda descoberta numa das noites mais frias de Bs As.... hehehehehehe

Bom, depois que eu já não ligava mais pra solidão, tinha novos conhecidos pra conversar de noite (depois daquele porrão fatídico do sábado só saí uma vez, numa boate q só tocava drum'n bass. nem preciso dizer que não fiquei meia hora lá dentro), já arriscava até um portunhol na rua, a hora de voltar pra casa chegou. Eu tava faceirinha por dormir sozinha no meu quarto, na minha cama maravilhosa de novo. mas acho chata a parte de dar tchau pras pessoas. mas tudo bem. banho tomado. mala pronta. check out feito. táxi na porta. Ezeiza aí vou eu!

Para evitar transtornos como o da vinda, saí bem antes do albergue. fiquei um tempão rateando no aeroporto. a vontade era de me jogar em qualquer canto e dormir. eu tava realmente cansada. mas sobe e desce, parei no segundo andar a olhar o aeroporto (por sinal horrível, né?) e fazer um balanço mental e solitário da viagem.

De repente alguém bate nas minhas costas:
- Você é Paula?
- Sim, sou.
Aquele rosto me era bastante familiar.
- José?

Lembram daquele casal de argentinos que eu contei que morou na minha casa por um tempo, fanáticos pelo Boca Juniors? E não é que depois de seis anos sem nunca saber notícia alguma eu encontro o Rosariense perdido em Ezeiza? Bah, foi muito legal! Legal saber que ele e a Laura continuam juntos, tão felizes, vida financeira ajeitada e com uma filhota de um aninho. Claro, e jurando que nunca mais vão viajar pedindo carona, inda mais pra tentar viver uma aventura no Brasil.

Putz, fiquei muito feliz mesmo. Nunca imaginei que pudesse encontrar nenhum dos dois lá. Eu tava indo pra Buenos Aires. Eles são de Rosario, distante umas 5 horas da capital. Minha mãe cogitou, mas não achei que pudesse acontecer.

Bom, minha viagem se encerrou de uma maneira muito legal. Mesmo. Agora tenho que dar um jeito de voltar lá! hrehehehehehehehehe

PS: Ah, lembram daquele cara, um noruguês que ajudei no albergue? Pois é, ele veio me visitar. Agora tenho um hóspede. Tá sendo divertido, as gurias ficam fazendo companhia pra ele eqto eu trabalho e de tarde ele tá frequentando aulas de português. É engraçado ver alguém aprendendo português... Bom, agora o dia que eu der uma banda na Noruega acho que tenho onde ficar, hehehehehehe

4 comentários:

Lafayette disse...

É bacana fazer amigos.

Principalmente nestes dias tão estranhos, em que fica a poeira se escondendo pelos cantos...

Reencontra-los, então!

Os novos amigos, reforçam a necessidade de amar os velhos amigos!

A web, penso, também proporciona certas possibilidades de se encontrar amigos (claro que com muito cuidado, já que de longe todos são normais, ou seria ao contrário?)

Em Junho, a net proporcionou a mim, meus amigos e minha família de colocar mais uma amiga no rol cativo do coração.

A Céli Rosa, ou Marcela, do interior de São Paulo encontrou e começou a frequentar o fotblog do meu sogro (sim, meu sogro tem um fotoblog!)

Em menos de 2 meses, cá estava ela, particpando das aventuras em Belém... foi convidada, com tudo pago, para participar de uma evento esportivo/festivo por aqui.

Veio e cativou a todos com seu jeito interiorando pós-web. Agora, é uma amiga de longas datas.

O fotoblog dela é: http://cinest.nafoto.net/

As fotos do fotoblog do meu sogro, onde conta um pouco da história da vinda dela por aqui, está aqui: http://flotilha-dos-eskizitos.nafoto.net/arch2007-06-16_2007-06-30.html

Começe vendo as fotos de baixo, da direita pra esquerda, e para cima.

Dia 10/08 (Sexta) vou à São Paulo, com minha mulher (casamento de um grande amigo no Sábado), volto dia 12/08 (Domingo) - isto é, se a TAM, ANAC, Infraero, DAC e o Lula deixarem -...

*Abre parênteses*
...pra você ver... nosso Sol é uma estrela... no céu, de noite, o olho humano só pode ver cerca de 3 mil sóis... porém, existem cerca de 100 bilhões deles só na nossa galáxia, a via láctea... e, por enquanto, presumi-se que existem cerca de 200 bilhões de galáxia no nosso cosmo (nosso, porque, atualmente, têm se pensado que existem outros inúmeros cosmos, além desse, como bolhas de sabão, cada uma com seus 200 bilhões de galáxias, e essas com seus 100 bilhões de sóis, e cada um deles com seu, no mínimo, planeta).

Assim, cada Sol tem, pelo menos um planeta orbitando-o... portanto, nosso mundo é uma pequeninha ilha, num mar infinito!
*Fecha parênteses*

Portanto, não será de se espantar que, na sexta, ou, quem sabe, no sábado, você esteja na mesa do lado, tomando aquele shopinho - recomendo uma Cerpinha - que te ofereci... por minha conta!

Fernanda Souza disse...

Ele veio atrás da brasileira???

Corujinha disse...

veio atrás de várias brasileiras!!!!!!!!!!! HAHAHAHAHAHAHA
brincadeira!
depois dessa ele foi pro Rio e conheceu outras.hehhehhehehehe
mas é um baita querido! meu amigão! é engraçado a maneira como se reconhece um amigo, mas em buenos aires tive a certeza de que tinha fiz amigo, e hj posso afirmar com mais certeza!

R� disse...

precisamos de um post novo com as ultimas aqui!!!